quinta-feira, outubro 19, 2006

GTA no Brasil

Muitos sonham - e até esperam que um dia vire realidade - por um GTA ambientado no Brasil, nas ruas (e favelas) da nossa Cidade Maravilhosa.

Se isso dependesse do criador da série, David Jones, o próximo episódio de GTA nos novos consoles (por ora chamado apenas de GTA IV) teria como cenário o Rio de Janeiro.

(In?)Felizmente, David Jones não está mais no comando da DMA Design - hoje chamada de Rockstar North. Jones agora tem sua própria produtora, a Real Time Worlds, que está produzindo o clone de GTA Crackdown, e também supervisiona o mega-projeto online All Poins Bulletin (outro jogo aos moldes da série criada por David), da sul-coreana Webzen.

Grand Theft Auto IV: Rio teria a vibração ideal para um jogo da nova geração, "algo que você pode capturar... pense na música que é associada à essa cidade e ao país", disse Jones à revista oficial do Xbox360 na Grã-Bretanha. "Eu gosto da vibração e da vida nos jogos, mas você sabe que a maioria das cidades do mundo são chatas e frias. San Andreas, Los Angeles, que seja. Elas não são tão excitantes", prossegue o guru.

Bem, Jones talvez esteja certo ao dizer que o Rio de Janeiro seja uma cidade "quente". Todos sabem que o povo carioca é receptivo, caloroso e amicíssimo. Temos o samba e o carnaval, as belas mulatas semi-nuas nas praias, o corcovado e o Cristo Redentor... Mas sejamos sensatos: GTA é um jogo violento e extremamente criticado fora da indústria de games (algumas vezes, até mesmo dentro dela). O que veríamos em um GTA IV: Rio seria pano de fundo para acabarmos de vez com qualquer esperança de que a indústria de games no Brasil cresça da mesma forma como cresceu no Chile e no México.

Basta lembrar o que aconteceu com Os Simpsons e o fatídico episódio em que eles vêm até o Brasil/Rio de Janeiro. À época, houve pesadas críticas de FHC, do prefeito e do secretário de turismo da cidade. Houve até tentativa de processar a Fox e os criadores do desenho!

Para nós, gamers, um jogo baseado no Brasil (em qualquer cidade) é até mesmo uma honra, seja ele violento ou não. O Rio mesmo já foi palco para Driver 3 e SOCOM 2, só para citar os mais recentes casos, sem contar com o famoso mapa CS_Rio para Counter-Strike...

Mas nossos políticos e a sociedade brasileira não estão preparados para ver tal "homenagem" sendo feita. Eles não entendem que aquilo é apenas um jogo. Para eles, a realidade das ruas sendo retratada em um "video-game" incita à violência, alienam os jovens, etc.

O gozado é que quando nós, brasileiros, retratamos o país em que vivemos, todos acham normal. Pegue por exemplo o excelente filme Cidade de Deus, que inclusive é citado por David Jones: "Rio de Janeiro seria perfeita (...) do histórico subúrbio e do estádio do Maracanã até a enorme estátua de Cristo cravada precariamente nas montanhas. E também com suas paisagens, de um lado uma imensa floresta e do outro as cores e o carnaval das conhecidas favelas, brilhantemente retratadas no filme Cidade de Deus. Há um paraíso criminal (gangsters) logo alí.".

Nada contra o filme: pra mim, é o melhor já produzido neste país. Ele é tão perfeito e realista que passa a (real) imagem dita logo acima por Jones. Nós temos orgulho de Cidade de Deus, mas o Brasil expurgaria GTA IV: Rio.

Para o bem da indústria de games neste país, para o bem dos jogos "violentos", que nunca tenhamos um GTA ambientado no Brasil.

Ou, que façam melhor: deixe-nos produzir um GTA. Se o produto é brasileiro, aí então todos veriam com bons olhos. Mesmo sendo violento. O importante é impressionar os gingos de nossa capacidade técnica, mostrando nossa violência e miséria. Dando o maior exemplo do abismo que separam as classes sociais nesse país.

16 comentários:

Anônimo disse...

Sexo e violência. É isso que o povo gosta, é isso que o povo quer.

Não me incomodaria que fizessem um GTA no Rio [ou em qualquer outra cidade brasileira]
Por mais que a intenção dos criadores de games seja unicamente ganhar dinheiro ao escrachar a nossa cidade mais famosa.

Há um lado bom da história.
É através da arte que as pessoas param e pensam.

A partir do momento que as pessoas esteriotipam o Rio como a cidade das mulatas, das bundas, da violência e do tráfedo de drogas, quem realmente se preocupa com a cidade vai fazer o possível para alterar essa imagem, em certo ponto, preconceituosa.

Ou é mentira que morrem dezenas de pessoas diariamente por conta do tráfego? Ou é mentira que os traficantes são verdadeiros reis em algumas partes da cidade? Corrupção policial? Falhas na segurança, etc...

A polícia no Brasil é uma vassoura que varre os criminosos dos bairros ricos para os morros. Temos um apartheid social. Temos a glamourização do crime.

O Cidade de Deus retratou lindamente tudo isso.

O caso dos Simpsons foi um exemplo de tempestade em copo d'água. Qualquer adulto com inteligência média sabe que o desenho é sarcástico e não fez nada mais que uma paródia da "cidade maravilhosa".

Anônimo disse...

Em minha opinião, o lançamento de GTA IV: Rio não teria nenhuma expressão de "repúdio" pelos brasileiros. Aliás, que brasileiros são estes que repudiariam este jogo ?

Seriam o mesmo que já esqueceram do impeachment de Collor e do assassinato de PC Farias ? Seriam também os mesmos que re-elegeram Maluf ? Ou aqueles que já estão pela 5a vez sonegando imposto ? O Brasil não é um país sério e o seu povo, em geral, não é sério. Logo, um jogo deste, não mudaria em nada.

Que indústria de games é esta que tem no país ? Produzir TETRIS ? Se deixarem GTA nas nossas mãos então o impacto social será menor ? Brasileiro ve o produto brasileiro com bons olhos ? É muita ilusão...

Quantas vezes, todos os dias, escolhemos outros produtos aos brasileiros pelo simples fato de aliarmos brasileiro = baixa qualidade.

O Brasil não impressiona os gringos por sua capacidade técnica, os brasileiros que impressionam os gringos ao usar a qualidade técnica DELES.

A violência e a miséria do Brasil qualquer um conhece. Não só o Brasil, mas toda a Latina América. E o jogo seria mais um exemplo claro do abismo que separam estas classes sociais.

Arraso disse...

Comentários bastante inteligentes, sensatos.

Quem se importa com o Rio, e com o Brasil, certamente faz o possível para mudar a situação em que nos encontramos.

Mas, infelizmente, vocês (nós...) somos minoria. Quase exceção. Sejamos francos: a sociedade molda sua opinião naquilo que a Globo diz. É a única fonte de informação para muita gente. E a Globo tem uma responsabilidade tremenda com isso.

Não que ela informe errado -eu até gosto da Globo-, mas certamente se houvesse uma crítica a um "GTA Rio", boa parte do país automaticamente odiaria o jogo.

Sei que o povo brasileiro prestigia mais o produto vindo de fora. O que quis dizer com Cidade de Deus é que quando a violência e a miséria brasileira são retratadas em filmes nacionais, que fazem sucesso, nós ficamos orgulhosos. Quando vêm de fora, achamos um absurdo. Paradoxo.

Anônimo disse...

Ah! eu acho uma otima idea existir um GTA no Brasil. Apesar de seu jeito de jogo de gangster, traficante e assasino, ele é um jogo q muitas pessoas gostam hj em dia... Naum adianta vc querer mostrar ah uma pessoa um Dragon Ball c ele gosta de realidade, ou um The Sims se ele gosta de ação, muita ação...

Muita gente poderia odiar o jogo, mas, cada um tem seu gosto, que deve ser respeitado seja ele um fraco, um louco ou um bebasso...
Jah no ponto de vista de outros, eh pessimo ter um jogo que fala a nossa lingua, ou pior.... tem as nossas cidades!

Arraso disse...

GTA é sucesso pois permite fazer aquilo que todos querem, mas que a sociedade não permite, ou condena.

Meio que exprimir suas vontades e desejos. Você não vai sair por aí atropelando prostitutas. Mas pode fazer isso no GTA para desestressar.

Micael disse...

GTA Rio de Janeiro seria o melhor tendo uma jogabilidade igual a do San Andreas dando possibilidade d fazer varias coisas nas cidades como ir a academia aprender tipos de luta e se tratando do Brasil tendo a capoeira,tendo também varias gangs cada favela uma gang assim possibilitando as guerrilhas tendo 3cidades rio,sp,brasilia...os 2ultimos gtas foram muito fraco na questão de atividades q o personagem pode fazer sem aquelas missoes secundarias presente no San Andreas...valeu ai pessoal essa minha opinião

felipe.play.2 disse...

Eu não me emporto se o jogo é violento,todos nós sabemos que o Rio de Janeiro não é tão violento assim.Portanto eu queria que lançasse o jogo GTA RIO DE JANEIRO para play station2

julianoguerrarrarra disse...

O IDIOTA Q COLOCOU O CARA COM A CAMISA DO FLAMERDA ACABOU DE FUDER COM O JOGO.
SO OS FLAMERDISTAS VAO JOGAR.
O GAME NAO VAI SAIR NUNCA POR CAUSA DESSES ERROS AMADORES.

Anônimo disse...

eu quero saber se estes jogos ja eata em lojas

Anônimo disse...

Eu concordo com você. Se fizerem um jogo desses representando o Brasil, seria uma vergonha, uma desgraça para nosso país. Ele mostraria a triste realidade da nossa cidade maravilhosa. Eu sou contra fazer um jogo desses sobre o Brasil. Ele humilharia nosso país em relação aos outros. Eu já tomei uma providência. Estou fazendo um abaixo-assinado com todos os pais do colégio onde meu filho estuda e mandarei para o governo tomar as suas providências. Quando vou buscar meu filho na escola, vejo muitos alunos falando de muito sexo e muita violência nesse jogo. Meu filho jogava esse jogo até que eu descobri como ele é. Eu proibi ele de jogar e ele nunca mais jogou. Quando eu comprei, pensando que era um jogo inocente, as notas dele na escola caíram demasiadamente. Sinto pena daqueles que jogam este tipo de jogo, porque isto é um jeito obseno de mostrar a realidade do nosso mundo.

Anônimo disse...

É muito triste saber que a maior cidade turística do nosso país está relacionada de uma forma tão estreita a um game tão violento, com tráficos de drogas, prostituição, roubos, assassinatos, armas, violência e todo tipo de desgraça, que, quando o assunto é vídeo game fica muito interessante, mas na prática é uma trágica realidade.

Que fique o alerta para todos que estão lendo essa matéria: Devemos fazer de tudo para mudar essa visão que se têm do nosso país. Eleger nossos políticos com atenção, sermos competentes com nossas responsabilidades, termos consciência de que necessitamos de uma mudança urgente e viver de forma digna no nosso dia a dia, até nos menores detalhes. O exemplo do site americano que propôs o jogo em nossa cidade maravilhosa não é uma virtude, e sim um alerta para que façamos alguma coisa.

Anônimo disse...

AI VCS DOIS AI DE SIMA VCS SAO BORRA LINGUIÇA O JOGO E PRA MOSTRA A REALIDADE DA MERDA DESE PAIS POR CAUSA DA PORRA DO GOVERNO SE SEU FILHO TIRA NOTAS BAIXAS E CULPA SUA QUE NW EDUCA ELE DIREITO NW VEM BOTA A CULPA NO JOGO SE VCS NW QUER VE A REALIDADE VAI VER NOVELA

Anônimo disse...

Eu acho que esse GTA é nota 10

Anônimo disse...

O GTA � muito legal,n�o importa o que falem de mal dele mas ele � muito legal

Anônimo disse...

Eu jogo (jogava, pq eu já zerei) GTA e minhas notas, que eram boas, continuaram boas e ainda são boas, nunca tirei uma nota menor que a média e no último trimestre desse ano minha menor nota foi 9,3. Se seu filho tira nota baixa é pq ele prefere jogar do que estudar e não dá valor à sua formação acadêmica.

Anônimo disse...

pow gente o gta rio de janeiro existe o poblema que ta proibido no brasil mais ta cendo vendidos em outros paises porq lula nao aceitou o termo do criador do jogo gta rio de janeiro eu sei que todo mundo vai acha gta rio nao existe so mentira existe sim mais se depende eu passo os dvds do gta como gta rio e gta sa paulo que ta no alge no chile

bom vou posta os codigos pos esse gta foi proibido nao ser comercial

veja ums codigos do gta sp nao tenho do gtario mais do sp tenho



http://www.4shared.com/document/kiN6XGMd/GTA-SP-Codigos-Dicas-.html