sábado, setembro 16, 2006

O presente só é bom quando vira passado

Postando no fórum hardMOB sobre o assunto "músicas felizes", me lembrei da banda The Polyphonic Spree.

Eu os conheci através de um flashgame até famoso na Internet, do tipo "adventure". A música de fundo era da banda, o que me abriu a porta para conhecê-los. Logo viciei nas músicas, bem diferente do que estava acostumado a ouvir. Sinfonia e letra felizes, otimistas, pra cima!

A banda com 20 e tantos integrandes (ou 16, ou 18, não lembro) com vários backing vocals, vários instrumentos que eu amo (baixo, arpa, flauta transversal, violino)... Composições magníficas, com ritmos que variam bastante - e mesmo quando se repetem, são bons.

Enfim, durante meu post no tópico sobre as tais músicas felizes me lembrei dessa banda e de seus sons. Procurei no YouTube por vídeos deles. Pronto, foi o suficiente para eu me ver no passado, lembrar de uma época em que eu pensava "estou cansado disso", mas que hoje me faz raciocinar: é, época boa era aquela, a gente só dá valor quando perde, a gente só vê que é bom quando tudo piora...

Tal época foi há uns dois anos mais ou menos.

E que logo, espero eu, voltará ainda melhor :)

Vejam esse clipe abaixo. A qualidade (técnica, pois o ritmo e a letra são fantásticos) da música não é das melhores, mas o clipe capta a essência do que eu digo nesse meu post de hoje no blog:

2 comentários:

Daniel Friedman disse...

Se eu aloprar aqui eu levo ban na HM?



Ps.: Excelente bloguxo, amigo Arraso!

Arraso disse...

Claro que não, o máximo que vai acontecer é eu apagar comentário ^_^